Blog da Pró Digital




O conceito de temperatura é simples e define-se através do estado de movimento das partículas que compõe os corpos. Em nosso dia a dia costumamos medir o grau de agitação dessas partículas através da percepção de quente ou frio que se sente ao tocar outro corpo. Porém, não se pode confiar apenas na sensação térmica. Para uma resposta exata, é preciso utilizar termômetros! Você sabe como eles foram criados? termometro_1 O primeiro aparelho usado para medir temperaturas foi inventado em 1592 pelo físico, matemático, astrônomo e filósofo italiano Galileu Galilei. Através de um equipamento constituído de um fino tubo de vidro, em que uma de suas extremidades era colocada em um recipiente contendo água colorida e na outra um bulbo, era possível comparar temperaturas entre dois corpos. O aparelho realizava comparações através da dilatação ou concentração do ar existente no bulbo. Na época, foi utilizado por médicos para medir a temperatura das pessoas, porém, não pode ser considerado um termômetro, pois não possuía escalas para verificar a temperatura. O nome dado a invenção foi “Termoscópio de Galileu”. Posteriormente, o médico francês Jean Rey criou o primeiro termômetro líquido. Muito semelhante aos atuais, o termômetro media a variação da temperatura através da contração ou dilatação da água que estava dentro do reservatório. Já Fernando II, Duque de Toscana, estava interessado em medir temperaturas abaixo do ponto de congelamento da água. Em seu termômetro utilizou álcool no lugar da água, já que seu ponto de congelamento é mais baixo. Como o álcool é muito volátil, evaporando com facilidade, Fernando II lacrou o tubo, evitando sua evaporação. Esse modelo de termômetro é o que mais se parece com o utilizado atualmente.kit_2 Através da tecnologia, não se faz mais necessário o uso de termômetros convencionais, podendo facilmente ser substituídos por termômetros digitais, que são baseados em propriedades elétricas ou eletrônicas. Podem ser encontrados em relógios de pulso e em equipamentos eletrônicos como computadores. A medida da temperatura é feita através da variação de suas características elétricas. Os mais comuns utilizam um resistor que faz parte de um circuito elétrico que aciona o indicador de temperatura de acordo com o valor da resistência. Um exemplo de termômetro digital é o monitor de temperatura Data Center, que mede a temperatura e possibilita que você determine valores máximos ou mínimos para que, em caso de problema, ele emita um alarme de alerta. Existem três opções diferentes, como disparo de e-mails, abertura de uma tela pop-up no Windowns ou a realização de ligações para números telefônicos através de um discador! É muito mais segurança e comodidade para você! Saiba mais sobre o produto. O conceito de temperatura é simples e define-se através do estado de movimento das partículas que compõe os corpos. Em nosso dia a dia costumamos medir o grau de agitação dessas partículas através da percepção de quente ou frio que se sente ao tocar outro corpo. Porém, não se pode confiar apenas na sensação térmica. Para uma resposta exata, é preciso utilizar termômetros! Você sabe como eles foram criados? O primeiro aparelho usado para medir temperaturas foi inventado em 1592 pelo físico, matemático, astrônomo e filósofo italiano Galileu Galilei. Através de um equipamento constituído de um fino tubo de vidro, em que uma de suas extremidades era colocada em um recipiente contendo água colorida e na outra um bulbo, era possível comparar temperaturas entre dois corpos. O aparelho realizava comparações através da dilatação ou concentração do ar existente no bulbo. Na época, foi utilizado por médicos para medir a temperatura das pessoas, porém, não pode ser considerado um termômetro, pois não possuía escalas para verificar a temperatura. O nome dado a invenção foi “Termoscópio de Galileu”. Posteriormente, o médico francês Jean Rey criou o primeiro termômetro líquido. Muito semelhante aos atuais, o termômetro media a variação da temperatura através da contração ou dilatação da água que estava dentro do reservatório. Já Fernando II, Duque de Toscana, estava interessado em medir temperaturas abaixo do ponto de congelamento da água. Em seu termômetro utilizou álcool no lugar da água, já que seu ponto de congelamento é mais baixo. Como o álcool é muito volátil, evaporando com facilidade, Fernando II lacrou o tubo, evitando sua evaporação. Esse modelo de termômetro é o que mais se parece com o utilizado atualmente.     Através da tecnologia, não se faz mais necessário o uso de termômetros convencionais, podendo facilmente ser substituídos por termômetros digitais, que são baseados em propriedades elétricas ou eletrônicas. Podem ser encontrados em relógios de pulso e em equipamentos eletrônicos como computadores. A medida da temperatura é feita através da variação de suas características elétricas. Os mais comuns utilizam um resistor que faz parte de um circuito elétrico que aciona o indicador de temperatura de acordo com o valor da resistência. Um exemplo de termômetro digital é o monitor de temperatura Data Center, que mede a temperatura e possibilita que você determine valores máximos ou mínimos para que, em caso de problema, ele emita um alarme de alerta. Existem três opções diferentes, como disparo de e-mails, abertura de uma tela pop-up no Windowns ou a realização de ligações para números telefônicos através de um discador! É muito mais segurança e comodidade para você! Saiba mais sobre o produto.






Pró Digital
Rua Senador Saraiva, 200 | Bairro São Francisco | Curitiba/PR | 80.510-300
Fone:(41) 3015-5959 | vendas7@prodigital.com.br